• Biotec Júnior

O que é o controle de lote?



É natural que toda empresa almeja crescer e qualificar seus produtos junto ao público consumidor. Para tanto, a empresa deve aumentar e aprimorar substancialmente sua produção e, consequente, colocá-la de forma responsável no mercado. Esta responsabilidade envolve seguir alguns passos que tendem a fortalecer a marca da empresa junto à sociedade.

Entre estes passos, ganham destaques aqueles que procuram desenvolver novas estruturas físicas, humanas e tecnológicas que permitam uma produção cuidadosa, um armazenamento e controle de qualidade dos produtos. Em relação ao controle, há necessidade de desenvolver uma fiscalização e averiguação que defina a eficácia e a supremacia dos produtos a serem colocados à venda. Este processo de fiscalização recebe o conceito de Controle de Lote.

O Controle de Lote tem como finalidade identificar e controlar dentro do sistema organizacional da empresa a validade dos produtos assim como as datas de fabricação e de vencimento destes. Especificamente, todo produto que possui data de fabricação e validade deve possuir um número de lote e o mesmo deve sair nas notas fiscais, sendo esta uma exigência dos órgãos Fiscalizadores, no qual poderá ser bastante útil para as empresas reforçarem, junto ao público consumidor, o controle rigoroso de seus produtos. Além disso, permite também a rastreabilidade dos mesmos dentro do local de produção e armazenamento na empresa, das matérias-primas compradas de fornecedores e dos produtos de revenda.

Para manter uma maior eficácia do controle de lote a empresa deve contar com todas as ferramentas e métodos de controle que estejam disponíveis, tais como as novas tecnologias de rastreamento (código de barras), ferramentas de internet e orientação e assessoria de Universidades que desenvolvem programas de estudos para avaliar e melhorar esses métodos.

A falta de Controle de Lote pode acarretar em alguns problemas para empresa, como por exemplo, a dificuldade de saber onde se encontram os produtos que apresentem alguma contaminação imprópria após análises laboratoriais, ou seja, a empresa pode ser obrigada a descartar todas sua produção ou retirá-la do mercado quando já distribuída, por não saber onde estão os produtos supostamente contaminados. Inclusive, dependendo do setor produtivo, tal como o setor farmacêutico e o setor alimentício, o controle de lote deve ser rigorosíssimo. Nestes setores, os responsáveis têm obrigatoriedade de apresentar ao público o controle de lote e validade dos produtos de seus fabricantes e toda a cadeia de comercialização, da origem (produtor) até o consumidor final.

Visando a qualidade da produção de fármacos, a Biotec Júnior realiza o Controle de Lotes Farmacêuticos, no qual os resultados que comprovam a uniformidade do lote são emitidos na forma de um laudo, conforme exigências da ANVISA. Para isso, são realizadas análises de peso médio, desvio padrão e uniformidade de conteúdo.

Nesse contexto, o Controle de Lote é uma ferramenta essencial dentro das práticas eficientes de produção e venda, em especial na área da saúde, cuja responsabilidade deve ser de toda empresa que deseja ser reconhecida pela eficácia, qualidade e compromisso em oferecer a seu público consumidor produtos que contribuem para o bem-estar social.


Caio Garcia Barbosa da Silva, Assessor do Departamento Jurídico Financeiro

Gestão 2018


27 visualizações
  • Facebook - White Circle
  • LinkedIn - White Circle
  • Instagram - White Circle

 

© Copyright - Todos os direitos reservados

Comunicação 2019 - 2020