• Biotec Júnior

A Biotecnologia e suas cores


Sendo uma ciência muito ampla a Biotecnologia engloba várias áreas de pesquisa e possui diversos tipos de aplicações em áreas como a da medicina, indústria, meio ambiente e nutrição. Como uma forma de organização foram escolhidas algumas cores com o objetivo de caracterizar e auxiliar na identificação dos diversos campos de atuação presentes em cada uma dessas áreas.

  • Biotecnologia Verde: Abrangendo a área agrícola ela tem por objetivo o aprimoramento do cultivo nos seus mais diversos âmbitos. Dentre eles estão o melhoramento genético de plantas com a finalidade de torna-las mais resistentes tanto as mudanças climáticas quanto as pragas, o combate a pragas, técnicas de manejo do solo e também o tratamento de biorresíduos.

  • Biotecnologia Azul: Partindo da exploração de recursos marinhos esta área contribui em vários setores da Biotecnologia graças a sua grande aplicabilidade. Dentre elas estão a produção de medicamentos, cosméticos, alimentos e até mesmo biocombustíveis.

  • Biotecnologia Vermelha: Relacionada ao ramo da saúde ela é responsável por uma infinidade de recursos que objetivam tanto a preservação quanto o melhoramento da vida. Algumas de suas aplicações são a elaboração, pesquisa e produção tanto de medicamentos quanto de vacinas, estudos a respeito da cultura de tecidos e produção de órgãos artificiais.

  • Biotecnologia Amarela: Focada no ramo nutricional essa área é encarregada do estudo e produção de alimentos sempre visando a diminuição de componentes prejudiciais, auxiliando na melhora nutricional dos mesmos e evitando possíveis reações alérgicas.

  • Biotecnologia Dourada: Representada pela bioinformática e nanotecnologia ela é responsável por coletar, armazenar e analisar e aplicar informações biológicas como proteínas e materiais genéticos. Dentre as suas aplicações estão a fabricação de biossensores, "Drug Delivery", medicamentos, vacinas e muito mais.

  • Biotecnologia Branca: Vinculada ao setor industrial ela atua na obtenção e no desenvolvimento de novas tecnologias com o objetivo de alcançar uma maior produtividade e sustentabilidade na produção. Alguns de seus exemplos são os biocombustíveis, cerveja, vacinas, entre outros.

  • Biotecnologia Cinza: Ligada ao setor ambiental ela tem o propósito de recuperar e conservar o meio ambiente por meio de processos como a biorremediação e o tratamento de resíduos, além de buscar o reaproveitamento dos mesmos.

  • Biotecnologia Preta: Sendo aplicada tanto para fins positivos como negativos a biotecnologia preta engloba tanto o bioterrorismo e o desenvolvimento de armas biológicas quanto as investigações a respeito do desenvolvimento das mesmas. Sendo uma área muito perigosa ela utiliza patógenos como armas biológicas.

  • Biotecnologia Marrom: Focada na busca de soluções para os problemas enfrentados em ambientes áridos e semiáridos a biotecnologia marrom aposta em diferentes técnicas especificas para aquele ambiente. Dentre elas estão o desenvolvimento de sementes resistentes ao calor e à falta de água, a criação de plantas geneticamente modificadas, técnicas de plantio especificas para o ambiente, entre outros.

  • Biotecnologia Roxa: Estando relacionada com a propriedade intelectual, regulamentada pelo INPI, ela engloba todas as outras cores da biotecnologia já que é responsável pela regulamentação de patentes e publicações além de também abranger discussões éticas e morais.

  • Biotecnologia Laranja: Sendo a área responsável pela propagação da biotecnologia e de suas descobertas ela busca e desenvolve estratégias educacionais com o objetivo de informar a população a respeito da mesma.

Fontes:


25 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo