• Biotec Júnior

Diferença entre OGM e transgênico.



O desenvolvimento da biotecnologia e o aumento do conhecimento sobre o material genético proporcionou a elaboração de diversas técnicas que nos permitiram alterar trechos do genoma de certo organismo.

Em Janeiro de 1995 os alimentos geneticamente modificados foram regulamentados, no Brasil, através da Lei no. 8.974/95 que estabelecia regras na utilização das técnicas de engenharia genética e liberou a criação da Comissão Técnica Nacional de Biossegurança. Essa comissão já aprovou 8 variedades de plantas transgênicas para o cultivo no país e como o Brasil é um dos maiores produtores de alimento do mundo, a utilização dessas técnicas tende a aumentar e se desenvolver cada vez mais.

Os OGM ou organismos geneticamente modificados são plantas, animais ou até microorganismos que têm uma variação em seu genoma. Tal conceito independe da técnica utilizada, se o organismo sofreu alguma alteração genética, podendo essa alteração ser no DNA ou no RNA, é um OGM.

Já os transgênicos são um tipo específico de organismos geneticamente modificados. Nesse caso, é usada a técnica de transgenia na qual uma sequência ou parte de uma sequência da molécula de DNA de um organismo é transferido a outro organismos de espécie diferente.

Portanto, todos os transgênicos são OGM porém não são todos os OGM que são transgênicos.

Outra dúvida frequente sobre o assunto é em relação a segurança na utilização desses organismos. Ainda não existem estudos que comprovem que alimentos geneticamente modificados trazem risco à saúde. Porém, alguns estudos apontam um possível aumento de reações alérgicas nos EUA após a inserção desses alimentos no mercado.

Além disso, quando falamos de modificação genética é comum a preocupação com o meio ambiente, isso pois, existe processo natural chamado escape gênico que é a transferência de genes entre as populações. Tendo isso em vista, quando trabalhamos com a transgenia ou qualquer outro tipo de modificação genética é fundamental um estudo minucioso sobre a biodiversidade habitat onde ficaram esses organismos e um amplo controle sobre o projeto por meio de análises de risco.

7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo